terça-feira, 23 de novembro de 2010

Palavras sobre Genalva...

"Chuva, chuva, chuva... para todos os lugares...

Às vezes, olho um vulto na janela,

Acho que é Genalva a me espreitar...

Sei que ela nunca vai me deixar,

Em qualquer momento, vai sobrar um rastro, um borrão de gordura no vidro

Uma sombra dela a me olhar

A saber o que verdadeiramente eu sinto por dentro..."


(Palavras by Selva)

Acredito que Genalva é a única que nos entende...

2 comentários:

Selva Selva! disse...

só um beijo à distância agora mesmo... folhas secas voando ao vento...

Selva Selva! disse...

só um beijo à distância agora mesmo... folhas secas voando ao vento...